Ricardo Guerreiro, natural de Lisboa e estudante numa escola da cidade de Faro é um jovem poeta. Expõe a sua poesia nos claustros do museu municipal em Faro entre os dias 5 e 8 de Outubro.